Bento XVI viaja à Alemanha para visitar seu irmão enfermo

É a primeira vez que o Papa Emérito realiza uma viagem internacional desde que renunciou ao pontificado, em 2013.

Bento XVI, 93, e seu irmão, Georg Ratzinger, 96 (Foto: Arquivo/Vatican Media)

O Papa Emérito Bento XVI viajou nesta quinta-feira, 18, para Regensburg, na Alemanha, para ficar ao lado de seu irmão, Monsenhor Georg Ratzinger, de 96 anos, que está gravemente doente.

Joseph Ratzinger, 93 anos, papa de 19 de abril de 2005 a 28 de fevereiro de 2013, deixou o Mosteiro Matter Ecclesiae, no Vaticano, e embarcou em um voo disponibilizado pelo Estado italiano para Munique, na Alemanha, de onde seguiria de carro para a cidade onde está deu irmão, na região da Baviera.

Bento XVI foi acompanhado de seu secretário particular e prefeito da Casa Pontifícia, Dom Georg Gaenswein, de um médico, uma enfermeira, uma das religiosas que cuidam dele e do vice-comandante da Gendarmeria Vaticana.

O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, informou que o Pontífice Emérito permanecerá em Regensburg “o tempo necessário”.

Esta é a primeira vez que Bento XVI realiza uma viagem internacional desde que renunciou ao pontificado, em 28 de fevereiro de 2013. 

Irmãos Ratzinger, na ordenação presbiteral, em 1951 (Reprodução da internet)

IRMÃOS RATZINGER

Os dois irmãos Ratzinger sempre foram muito unidos. Com diferença de três anos de idade, ambos foram ordenados sacerdotes no mesmo dia, 29 de junho de 1951, na Catedral de Freising.

Ao longo dos anos de pontificado de Bento XVI e após a sua renúncia, Georg Ratzinger fez inúmeras visitas ao irmão, no Vaticano.

Em 2008, quando a cidade de Castel Gandolfo, nas proximidades de Roma quis oferecer a cidadania honorária ao seu irmão, Bento XVI se expressou com estas palavras: “Desde que nasci, meu irmão não é apenas um companheiro para mim, mas também um guia confiável. Tem sido sempre um ponto de orientação e referência com a clareza e a determinação de suas decisões”.

SAUDAÇÃO DO EPISCOPADO ALEMÃO

Por ocasião da chegada do Papa Ratzinger à Alemanha, o presidente da Conferência Episcopal Alemã, dom Georg Bätzing, declarou que acompanhará com suas orações a estada de Bento XVI e pela saúde de seu irmão. “Estamos felizes que ele, que foi membro da nossa conferência episcopal por muitos anos, tenha retornado à casa, mesmo que seja por uma ocasião triste”, afirmou Bätzing.

(Com informações de Vatican News e Corriere della Sera)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter