Papa faz visita surpresa aos pobres que recebem no Vaticano 2ª dose anti-Covid

O Papa saudou todos aqueles que aguardavam, na entrada da Sala Paulo VI, no Vaticano, receber a segunda dose da vacina anti-Covid. Francisco ofereceu um ovo de chocolate, que foi distribuído a todos pelos voluntários, seguindo as medidas sanitárias em vigor. Os presentes entoaram um canto de felicitações pelo onomástico do Santo Padre, esta sexta-feira, dia 23, enquanto ele parou para conversar com alguns dos voluntários, num ambiente festivo e afetuoso

Vatican Media

No dia de seu onomástico, esta sexta-feira, 23 de abril, memória litúrgica de São Jorge Mártir, pouco depois das 10h30 da manhã, o Papa Francisco foi ao átrio da Sala Paulo VI, no Vaticano, para visitar as pessoas necessitadas acolhidas e acompanhadas por algumas associações romanas enquanto esperavam para serem vacinadas, informa um comunicado da Sala de Imprensa da Santa Sé.

Um encontro festivo e afetuoso com o Santo Padre

O Papa saudou os presentes ao longo do percurso preparado no átrio para a vacinação, desde a entrada até a área de espera após a conclusão do procedimento prévio à vacinação. No final do trajeto, Francisco parou para oferecer um ovo de chocolate, que foi distribuído a todos pelos voluntários, de acordo com as medidas sanitárias em vigor.

Ao sair, informa ainda o referido comunicado, os presentes entoaram um canto de felicitações pelo onomástico do Santo Padre, enquanto ele parou para conversar com alguns dos voluntários, num ambiente festivo e afetuoso, agradecendo-lhes e recomendando-lhes que “continuem em seu compromisso!

Gratidão do Papa Francisco

Através do Esmoleiro, o Santo Padre dirigiu palavras de gratidão àqueles que contribuíram para o procedimento de vacinação e para a iniciativa da “vacina suspensa” que permitirá alcançar muitos que aguardam a vacinação nos países mais pobres.

Pouco depois das 11h da manhã, o Papa Francisco voltou para a Casa Santa Marta. Nesta sexta-feira “serão vacinadas pouco menos de 600 das aproximadamente 1400 pessoas carentes que receberam a primeira dose semanas atrás”, conclui a referida comunicação da Sala de Imprensa vaticana.

Essas mulheres e homens fazem parte dos cerca de 1.400 beneficiários da campanha de vacinação anti Covid-19 iniciada durante a Semana Santa pela Esmolaria Apostólica em colaboração com outras associações.

(Com informações de Vatican News)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter