Dom Carlos Silva fala das lições deixadas pela Virgem Maria na visita a Isabel

O Bispo presidiu a Eucaristia na Paróquia Imaculado Coração de Maria, no Jardim Princesa, Setor São José Operário

Dom Carlos Silva fala das lições deixadas pela Virgem Maria na visita a Isabel, Jornal O São Paulo
Priscilla R. Messias

Na Festa da Visitação de Nossa Senhora, em 31 de maio, Dom Carlos Silva, OFMCap, presidiu a Eucaristia na Paróquia Imaculado Coração de Maria, no Jardim Princesa, Setor São José Operário. Concelebraram os Padres Dorival Ferreira, Pároco, e Rogério Pires.

Na homilia, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Brasilândia enfatizou como Maria escutou o chamado de Deus, por intermédio do anjo Gabriel, e colocou-se a serviço.

O Bispo mencionou, ainda, as cinco lições que a Virgem Maria deixou ao realizar a visita à sua prima Isabel. A primeira é a própria iniciativa da visita, que ensina que o verdadeiro servidor se coloca a caminho. “Onde existe uma necessidade, uma ferida, é lá que precisamos estar.”

Maria ficou com Isabel o tempo que precisava, mas logo se retirou. E aqui está a segunda lição: “Assim como chegamos, precisamos saber o momento de sair, perceber o momento para se retirar do serviço. Compreender quando é preciso contribuir e quando é necessário ir embora. Os verdadeiros servidores nunca se consideram indispensáveis. Precisamos ser humildes e sair quando for o momento. O único indispensável é Deus”, disse o Bispo, recordando, ainda, que os verdadeiros servidores sempre levam Jesus para onde forem, assim como Maria fez, ajudando sua prima Isabel nos serviços domésticos, na simplicidade, com Jesus em seu ventre.

A terceira lição é sobre a grande misericórdia: levar Jesus. “Nunca caminhe sozinho, sempre leve o Nazareno com você!”.

Maria Santíssima proclama toda a glória a Deus! E este é o quarto aprendizado: “Quando Isabel a cumprimenta, Maria, imediatamente, translada a alegria em louvor a Deus dizendo: ‘A minha alma glorifica o Senhor!’ Maria não fica com nada e em tudo dá graças a Deus, engrandecendo a Deus”.

Por fim, a quinta lição é a de que Maria tinha seus problemas e suas preocupações, mas soube deixá-los de lado e se colocar a serviço para socorrer quem tem mais dificuldade. “Assim como Maria que deixa as suas preocupações e se coloca a serviço no caminho do Reino, ela nos chama para ir ao encontro daqueles que mais necessitam. Maria não foi sozinha, pois estava com Jesus”, concluiu o Bispo.

(Por Karina Marta – Colaboração especial para a Região)

Deixe um comentário