Diversidade – uma justa bandeira dos jovens

A promoção e valorização da diversidade é um fenômeno do nosso tempo. A busca pela inclusão gerou mudanças nas empresas, escolas, universidades, organizações sociais, publicidade, TV, cinema, e impactou políticas públicas.  Os jovens são os grandes representantes dessa mentalidade, assumindo a defesa intransigente da diversidade em todos os setores da vida social.  Muitos acreditam que essa mentalidade é tão somente fruto das pautas identitárias, em particular das ideologias de gênero e de raça, difundidas nas escolas e meios de comunicação, ... Leia mais

Diversidade, inclusão e a centralidade da pessoa na escola católica

Os termos diversidade e inclusão orientam grande parte dos posicionamentos político-culturais em nossa sociedade. Um grave limite das concepções hegemônicas de diversidade e inclusão, contudo, é que se referem a processos coletivos. É um grupo social que é reconhecido como diverso e com direito à inclusão. Pior: esse reconhecimento é definido em grande parte pelo poder político e pela capacidade de expressão cultural desse grupo, mais do que pelos direitos e necessidades reais de cada um. Muitas vezes, a pessoa ... Leia mais

Família como núcleo intergeracional para a promoção de direitos

Nas últimas décadas, o envelhecimento da população brasileira deu um grande salto e tende a aumentar muito até 2040. A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que o País será o sexto em número de idosos em 2025, quando provavelmente chegará ao patamar de 32 milhões de pessoas com 60 anos ou mais. Com pessoas vivendo mais, há o grande desafio na garantia do bem-estar dos que envelhecem.  Com o aumento da longevidade, as famílias têm a oportunidade ... Leia mais

O novo humanismo da misericórdia

Terminado o Concílio Vaticano II, São Paulo VI usou esta imagem: “O Concílio é como um manancial que dá nascimento a um rio. Pode a fonte estar situada ao longe, mas a corrente do rio nos segue” (Audiência, 12/01/1966). Porém, para formar esse imenso caudal que nos conduzirá ao futuro, aflui, principalmente, a vertente profética da “Divina Misericórdia”, nascida das revelações de Santa Faustina Kowalska e oferecida como herança e luz – no Grande Jubileu do Ano 2000 – aos ... Leia mais

Os Doutores da Igreja e as crianças

A fé apresenta-nos muitos paradoxos. Um deles, senão o maior, é este: ela é complexa e simples. Por mais que o fiel estude a doutrina, o catecismo, as encíclicas, os tratados e escritos dos papas, santos e doutores da Igreja, algumas respostas emergem de fontes inesperadas, ingênuas, abençoadamente ingênuas.  Quando vivemos os momentos de desolação, alertados por Santo Inácio de Loyola; ou atravessamos a grande noite escura, de que nos falou São João da Cruz; ou algum dos doze graus da ... Leia mais

Cultura e evangelização na ótica do Papa Francisco 

As palavras sobre cultura, secularismo e evangelização ditas pelo Papa Francisco, em sua viagem ao Canadá, no discurso às autoridades civis com os representantes das populações indígenas, e na homilia das Vésperas com os bispos e padres, são particularmente esclarecedoras de seu modo de atuar. A religiosidade, a solidariedade, a capacidade de resistência e de esperança de um povo, para Francisco, estão diretamente vinculadas a sua identidade cultural. Interessante notar que essa é uma posição claramente compartilhada por São João ... Leia mais

Os arquivos da Igreja Católica: uma necessidade em vista da evangelização

A documentação conservada nos arquivos da Igreja Católica é um patrimônio valioso para a evangelização e para a história da humanidade. Há uma quantidade incalculável de material conservado nos arquivos do Vaticano desde os primeiros séculos do Cristianismo; além de toda documentação produzida e até hoje administrada pelos mosteiros, dioceses, paróquias, universidades católicas, associações de fiéis, obras de assistência social, hospitais e pela vida consagrada nas diversas instâncias de governo (casa, província, governo geral).  Os arquivos eclesiásticos transmitem a história ... Leia mais

A oração do ateu 

Orare, no latim, originalmente significa “pronunciar uma fórmula ritual, um pedido”. Dada a influência do latim na Igreja, enfatizou-se o sentido de suplicar a Deus, rezar. No grego, atheos significa “sem Deus, que nega e abandona os deuses”. Quem não crê em Deus ou em qualquer “ser superior” é ateu. De alguma forma, todos, incluindo os ateus, temos sempre ligação com a raiz do nosso ser, que nada mais é do que a ligação com o Criador.  “Sou ateu, graças ... Leia mais

Você é pró-vida ou é só contra o aborto? – o alerta do Papa

Ao declararem que o ser humano é imagem e semelhança de Deus, as Sagradas Escrituras vincularam o compromisso religioso ao compromisso social de cuidar da vida.  Dos cinco pecados que bradam aos céus, lembrados no Catecismo da Igreja Católica, parágrafo 1867, quatro são de natureza social: o homicídio, a opressão aos pobres, o descaso com os vulneráveis e o não pagar o justo salário. No Novo Testamento, Jesus vinculou a salvação ao compromisso com os pobres e a condenação àqueles ... Leia mais

Da 'Economia de Francisco' à política melhor

No último dia 23 de junho, aconteceu na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) uma audiência pública sobre a “Economia de Francisco” (frequentemente chamada no Brasil de “Economia de Francisco e Clara”). A iniciativa faz parte de um grande processo internacional, iniciado pelo Papa Francisco, que tem por objetivo incentivar os jovens a criar, na teoria e na prática, novos modelos econômicos, mais humanos, solidários, inclusivos e com impactos socioambientais positivos – sob a luz do santo de ... Leia mais