Exposição ‘Memória Paulistana’ poderá ser visitada na Catedral da Sé

Obras são de autoria da artista plástica Cristiane Carbone

Pintura retratata a Catedral da Sé (acervo de Cristiane Carbone)

Será inaugurada no domingo, 23, às 12h, na Catedral da Sé, a exposição “Memória Paulistana”, de autoria da artista plástica Cristiane Carbone.

As obras poderão ser vistas até 6 de março na Igreja mãe da Arquidiocese de São Paulo. A exposição ocorre no contexto das comemorações dos 468 anos da cidade de São Paulo, a ser celebrado na terça-feira, 25, e do centenário de nascimento do Dom Paulo Evaristo Arns (1921-2016), Arcebispo Metropolitano entre 1970 e 1998.

SOBRE A EXPOSIÇÃO

A exposição “Memória Paulistana” tem o objetivo de preservar a memória de São Paulo, em um trabalho de reconstrução e conservação da história.

Em cada obra – óleo sobre tela –, a artista resgata e devolve à população aspectos históricos que, por vezes, se perderam, proporcionando conhecimento sobre a formação e transformação dos pontos culturais, bem como a valorização do patrimônio cultural da capital.  São imagens de São Paulo a partir de 1862, percorrendo os períodos colonial, imperial e republicano.

“O projeto surgiu no momento em que percebi as constantes mudanças da cidade e a falta de registro desses acontecimentos. Resgatar e registrar esses fatos são essenciais para manter o legado histórico das novas gerações”, afirmou Cristiane em entrevista ao O SÃO PAULO em dezembro de 2021. Na ocasião, suas artes estavam expostas na sede do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário