Missa marca o Dia da Consciência Negra na Paróquia Santíssima Trindade

Pedro Silva

No Dia Nacional da Consciência Negra, no sábado, 20, a Paróquia Santíssima Trindade, Setor Perus, organizou uma missa em ação de graças pela data, presidida pelo Padre José Miguel, Pároco. 

Na ocasião, foi relembrado o motivo inicial da data: fazer memória a Zumbi dos Palmares, morto em 1695, que lutou pelo fim da escravidão no País.

Ainda na celebração, jovens crismandos apresentaram uma peça de teatro rememorando uma prática comum da época escravocrata: a venda dos negros como “mercadoria”. A exposição de frases como “Vidas negras importam”; “A ignorância é a base do racismo”; “Respeito não tem cor”; “Eu não quero sobreviver, quero viver”; “Como pode no dia de hoje a cor da minha pele falar por mim”; “A diferença não está na cor e sim no caráter” foram parte da apresentação.

Houve ainda a leitura do poema “A luta pelo meu povo”, do poeta brasileiro Castro Alves (1847-1871), conhecido como “Poeta dos escravos”, que expressava em suas poesias a indignação aos graves problemas sociais do seu tempo.

(Por Pedro Silva – Colaboração especial para a Região)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter