Pinacoteca de São Paulo celebra centenário de 1922 com exposição de obras de artistas modernistas

‘Modernismo. Destaques do acervo’ reúne mais de 134 trabalhos de artistas ligados a Semana de Arte Moderna e está em cartaz até 31/12 no prédio da Luz   

Acervo Digital /Pinacoteca de São Paulo

A Pinacoteca de São Paulo, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, celebra os 100 anos da Semana de Arte Moderna com a mostra Modernismo. Destaques do acervo. Exposição ficará em cartaz até 31 de dezembro de 2022 no edifício Luz.

A mostra,  é composta por mais de 134 trabalhos de autoria de artistas ligados ao modernismo, que estarão identificados com selo especial. Dentre as obras, a pintura Amigos, de Di Cavalcanti (Sala 16), que estava presente na exposição histórica da Semana de 1922 que ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo. O público poderá conferir também  Antropofagia, Tarsila do Amaral (sala 6); Auto-retrato, Victor Brecheret (sala1); Bananal,  Lasar Segall (sala 19); Casal na varanda, Cícero Dias (sala 16); Dois Irmãos, Ismael Nery (sala 15); Portadora de Perfumede Victor Brecheret (átrio de esculturas); Retrato Gofredo Silva Telles, Lasar Segalli (sala 16); São PauloTarsila do Amaral (sala 10).

Exposição Modernismo. Destaques do acervo faz parte da programação da Agenda Tarsila, iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo que reúne eventos comemorativos, conteúdos inéditos com informações, história, curiosidades e entrevistas sobre a Semana de Arte Moderna de 1922, considerada um dos marcos mais importantes da cultura brasileira.

Serviço:

Modernismo. Destaques do acervo
Período: 
22 de janeiro de 2022 a 31 de dezembro de 2022
De quarta a segunda, das 10h às 18h
Ingressos com vendas pelo site.
Aos sábados, a entrada é gratuita e pode ser reservada com antecedência pelo site.
Edifício Pina Luz
Praça da Luz 2, São Paulo, SP

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Deixe um comentário